Polícia

Carro cai novamente no Rio Guaçu poucas horas depois do resgate

Uma das cintas do cabo de aço se rompeu quando o carro era puxado das margens, mas os restos mortais do jovem foram retirados antes do ocorrido.

Por volta das 20h30, o carro VW/Gol (cor preta) do jovem Guilherme caiu de novo no Rio Mogi Guaçu, cerca de duas horas depois de ter sido retirado das águas. 

Por isso, nesta quinta-feira (23) o Corpo de Bombeiros mobilizou equipes para retomar a busca pelo veículo, que afundou rapidamente e provavelmente deve ter descido para outro trecho do Rio, porque havia intensa correnteza no período da noite.

O fato inesperado aconteceu logo após a perícia concluir os trabalhos e a retirada dos restos mortais do jovem. 

Foi um longo período de operação, que durou cerca de seis horas e mobilizou dezenas de homens, que tiveram bastante trabalho, enfrentaram obstáculos e dificuldades, mas com o empenho dos bombeiros e equipes da Renovias, o veículo foi retirado do rio por volta das 18h30.

O carro retirado e estava num pequeno trecho de mata, a poucos metros das margens do rio, sustentado por cabos de aço. 

Mas, quando o guincho fazia o trabalho para puxar o veículo, de repente, uma das cintas do cabo se rompeu e o carro voltou para o fundo das águas.

O acidente com o jovem Guilherme, causou comoção regional e foi registrado há quase dois meses e meio. Nesta quarta-feira (22) um pescador visualizou rodas do carro e acionou os bombeiros e a polícia.

O resgate resultou na possibilidade do pai e familiares de Guilherme Henrique de Jesus, 21 anos, conseguir o sepultamento dos restos mortais do jovem.

Fonte: Portal da Cidade Mogi Mirim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *