Polícia

Corpo de jovem que caiu com carro no Rio Mogi Guaçu há dois meses é velado em Hortolândia

Guilherme de Jesus, de 21 anos, estava desaparecido desde 2 de janeiro e foi encontrado na quarta-feira, logo após o veículo dele ser localizado.

O corpo de Guilherme Henrique de Jesus, de 21 anos, que caiu com um carro no Rio Mogi Guaçu no dia 2 de janeiro, está sendo velado nesta quinta-feira (23), no cemitério Parque Hortolândia, em Hortolândia (SP). O jovem estava desaparecido há dois meses e foi encontrado na noite de quarta-feira (22).

A procura por Guilherme estava suspensa desde 17 de janeiro, mas foi retomada depois que o carro dele foi encontrado, na quarta, próximo ao local onde o jovem havia desaparecido. O automóvel foi retirado do rio, e, durante uma vistoria no interior, foi encontrada uma arcada dentária.

Em janeiro, as buscas envolveram até um sonar emprestado pelo Instituto Oceanográfico da USP (Universidade de São Paulo) e chegaram a ser suspensas “tendo em vista o esgotamento de todos os meios disponíveis”, informou o Corpo de Bombeiros à época.

O acidente

O acidente aconteceu na manhã do dia 2 de janeiro, quando o veículo modelo Volkswagen Gol conduzido por Guilherme entrou no canteiro central e desapareceu no rio, em Mogi Guaçu.

Segundo familiares, Guilherme havia passado as festas de fim de ano em Poços de Caldas (MG) e retornava para Campinas (SP) quando desapareceu.

A Polícia Militar Rodoviária informou que o veículo transitava pela Rodovia Governador Doutor Adhemar Pereira de Barros (SP-340) quando, por motivos que ainda serão apurados, entrou no canteiro central e na sequência caiu dentro do rio Mogi Guaçu. O acidente ocorreu na altura do km 169.

Já a Renovias, concessionária que administra o trecho, disse que o acidente aconteceu após o veículo colidir com uma placa de sinalização. Com informações do G1.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *