Polícia

Idoso de 77 anos mata esposa a tiros em Mogi Guaçu e é preso

Jairo Momesso, de 77 anos, confessou o assassinato e foi preso em flagrante nesta segunda-feira (1º). A arma usada, uma espingarda calibre 28, foi apreendida pela PM. O crime aconteceu no Jardim Santo Antonio, em Mogi Guaçu, na noite de domingo (30).

Segundo o boletim de ocorrência, vizinhos acionaram a Polícia Militar após ouvirem o barulho do disparo. Quando chegaram no local, os agentes de segurança encontraram a vítima, Vera Lúcia Tezzaro Momesso, no sofá, já sem vida e com um ferimento a bala na cabeça.

Os vizinhos estão chocados com o crime. O casal estava junto há 52 anos, segundo relato de um dos filhos à Polícia Militar (PM), e nunca demonstraram para a vizinhança ter algum tipo de problema. Já o filho afirmou aos policiais que e a relação era difícil no passado porque o pai fazia muito uso de bebida alcoólica, mas que ultimamente isso não vinha acontecendo.

“É uma coisa muito triste, um caso lamentável, não tenho nem palavras. A gente conversava, ficava aí na frente batendo papo. Para mim, eles eram muito bom. Até eu fiquei surpreendido. Eu até agora não estou acreditando no que aconteceu”, disse o aposentado Lourival Merin.

O motorista Ariovaldo Paulo da Silva afirmou que costumava conversar com o homem no bar do bairro, e nunca ficou sabendo de nenhuma briga. “Nunca vi comentário nenhum, ai de repente acontece isso de uma hora para outra”, contou. Com informações do G1.

Clique aqui para assistir à reportagem da EPTV.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *