Polícia

Polícia de Araras resgata mãe e filhas que eram mantidas em cativeiro por conta de dívida

A ação conjunta foi feita na tarde do sábado (25), quase 21 horas depois da família ser raptada. Caso aconteceu na Rua 5, do bairro Jardim Narcizo.

Uma mulher de 29 anos e suas filhas, de 5 e 1 ano, foram resgatadas de um cativeiro em Araras pela Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal (GCM). A ação conjunta foi feita na tarde do sábado (25), quase 21 horas depois da família ser raptada por conta de uma dívida.

Segundo informações do boletim de ocorrência, os policiais foram até o local depois de receberem uma denúncia anônima de que uma mulher e seus filhos estavam sendo mantidos reféns em um cômodo da Rua 5, no bairro Jardim Narcizo.

Ao chegarem no local, notaram uma movimentação estranha em um bar e questionaram a proprietária, uma jovem de 21 anos, sobre a denúncia. A mulher tentou disfarçar, mas ao deixar a porta semiaberta, os policiais viram as vítimas sentadas no chão, em um quarto escuro.

Os policiais resgataram a mulher e suas filhas e as levou para a delegacia.

Ao ser questionada, a mãe das crianças disse que pegou um dinheiro emprestado com o marido da dona do bar e que estava sendo mantida em cativeiro desde a sexta-feira (24) até pagar a dívida. A vítima contou que foi até ao bar depois de receber um convite para jantar com os proprietários. Porém, o jantar era uma emboscada e ela terminou sequestrada.

O marido da vítima também foi mantido no cativeiro. Porém, ele podia transitar pelo bar, só não poderia sair do bairro sem a autorização do casal.

Depois de colher os depoimentos, a polícia prendeu a proprietária do bar em flagrante. Seu marido não foi encontrado e continua foragido. O valor da dívida não foi divulgado. O caso foi registrado como extorsão mediante sequestro e será investigado pela Polícia Civil. Com informações do G1.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *