Assaltante morre baleado após roubo a sítio às margens da rodovia Mogi Mirim a Conchal

Grupo invadiu local e rendeu família de caseiro, mas um filho da vítima acionou os policiais militares.

Um suspeito foi morto e outro acabou ferido após eles trocarem tiros com policiais durante uma tentativa de roubo em um sítio localizado às margens da rodovia SP-191 (Mogi Mirim/Conchal), nesta quarta-feira (16). A família do caseiro que trabalha no local foi feita refém.

“Entraram e renderam a gente dentro de casa”, contou uma das vítimas, que preferiu não ser identificada na reportagem. Segundo o boletim de ocorrência, eram cinco criminosos.

Segundo a PM, os homens baleados e outros comparsas invadiram a propriedade, que produz flores ornamentais, e renderam o caseiro, a esposa dele e dois filhos. As vítimas foram trancadas em um cômodo.

Família é feita refém em chácara de Mogi Mirim durante tentativa de assalto — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Enquanto os criminosos revistavam o local, outro filho do caseiro chegou na chácara e estranhou que a porteira estava aberta. Ele chamou a Polícia Militar e houve apoio da Guarda Municipal.

Houve troca de tiros entre o grupo e os PMs. O baleado que sobreviveu, de 22 anos, foi atingido na nádega e socorrido para a Santa Casa de Mogi Mirim. Ele passou por procedimentos médicos, foi liberado e preso em seguida.

O outro morreu no local e os demais integrantes do bando fugiram, segundo a PM. Nenhum policial ficou ferido e integrantes da família também não se machucaram.

O caso foi registrado no plantão da Polícia Civil de Mogi Mirim e encaminhado para a delegacia Seccional de Mogi Guaçu para investigação, como tentativa de roubo, morte decorrente de intervenção policial e legítima defesa. Com informações do G1.

Deixe um comentário