Últimas Notícias

Padre Leandro Ricardo é demitido pelo Vaticano após denúncias de abusos sexuais em Araras

Quatro vítimas do município de Araras relataram ter sofrido abusos de Pedro Ricardo quando eram menores de idade.

O padre Pedro Leandro Ricardo, de Americana, acusado de pedofilia e abuso sexual, foi demitido da Diocese de Limeira nesta sexta-feira (11), após decisão do Vaticano com base em solicitação da Congregação para a Doutrina da Fé.

O padre estava afastado da Basílica Santo Antônio de Pádua, desde 2019, quando surgiram as denúncias. Os casos teriam acontecido entre 2002 e 2005.

As quatro vítimas, que eram coroinhas no município de Araras, relataram ter sofrido os abusos por parte do padre quando ainda eram menores de idade. Aos 25 anos, as vítimas decidiram denunciar o padre Pedro Ricardo.

As denúncias relatadas também envolviam dom Vilson Dias de Oliveira, então bispo, que teve sua demissão oficializada em maio de 2019.

Confira, na íntegra, a carta assinada por dom José Roberto Fortes Palau, bispo diocesano de Limeira:

A Diocese de Limeira faz saber que o Santo Padre, o Papa Francisco, por solicitação da Congregação para a Doutrina da Fé, após procedimento canônico próprio, decidiu pela aplicação, para o bem da Igreja, da pena de demissão do estado clerical ao senhor Pedro Leandro Ricardo.

A partir da data de hoje, após a devida verificação, o senhor Pedro Leandro Ricardo não poderá mais exercer, válida e licitamente, o ministério sacerdotal.

Exortamos a todos a filial comunhão para com o Santo Padre, o Papa Francisco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *