Conchal recebe R$ 1,8 milhão de repasse de pedágio da Rota das Bandeiras em 2021

A Concessionária Rota das Bandeiras repassou R$ 1.820.129,81 para o município de Conchal, durante o ano de 2021. O valor é referente ao ISS (Imposto Sobre Serviço) recolhido nas praças de pedágio administradas pela empresa e também sobre a contratação de terceiros para a prestação de serviços nas vias, como a realização de obras.

No total a Rota das Bandeiras repassou mais de R$ 48,2 milhões aos 17 municípios que compõem o Corredor Dom Pedro de rodovias. Impulsionada pelas obras da Perimetral, a cidade de Itatiba figura pela primeira vez no topo do ranking, ultrapassando Campinas.

O município recebeu R$ 7,5 milhões ao longo do ano, aumento de 41% em relação ao repasse de 2020, quando R$ 5,3 milhões foram destinados a Itatiba. O imposto incide sobre a contratação de terceiros para a prestação de serviços nas vias, como a realização de obras, além das tarifas nas praças de pedágio. Cada cidade tem liberdade para destinar o valor a diferentes áreas, como Saúde e Educação, conforme a sua necessidade.

“Mesmo em um momento de retração econômica provocada pelo coronavírus, a Concessionária manteve seus investimentos em infraestrutura e contribui para o caixa dos municípios do Corredor Dom Pedro. A construção da Perimetral de Itatiba, por exemplo, conta com investimentos que ultrapassam R$ 145 milhões. O investimento privado favorece duplamente o município, com a ampliação viária e o repasse de ISS”, destaca o diretor-presidente da Rota das Bandeiras, Douglas Longhi.  

O aumento no fluxo de veículos – após a queda acentuada de tráfego provocada pela pandemia, em 2020 – também contribuiu para um maior repasse aos municípios. Em 2020, foram destinados R$ 43,1 milhões, valor 10% abaixo do destinado no ano passado.

Desde o início da Concessão, em 2009, a Rota das Bandeias já destinou mais de R$ 446 milhões aos 17 municípios. Importante meio de ligação entre a Região Metropolitana de Campinas (RMC) e o Vale do Paraíba, o Corredor Dom Pedro é formado pelas rodovias D. Pedro I (SP-065), entre Campinas e Jacareí, e José Roberto Magalhães Teixeira (SP-083), entre Campinas e Valinhos, além de trechos da rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), entre Campinas e Mogi Guaçu; Eng. Constâncio Cintra (SP-360), entre Itatiba e Jundiaí; e Romildo Prado (SP-063), entre Itatiba e Louveira.

Confira os valores repassados para cada município

MunicípioRepasse de ISS em 2021
ItatibaR$ 7.561.070,44
CampinasR$ 6.637.220,08
Nazaré PaulistaR$ 5.458.511,09
AtibaiaR$ 4.181.315,22
JacareíR$ 4.028.754,52
IgaratáR$ 3.904.789,48
JundiaíR$ 3.038.030,35
ValinhosR$ 2.911.449,02
ConchalR$ 1.820.129,81
Bom Jesus dos PerdõesR$ 1.677.594,13
CosmópolisR$ 1.407.360,80
JarinuR$ 1.192.982,11
Engenheiro CoelhoR$ 1.142.799,24
PaulíniaR$ 1.067.595,13
Artur Nogueira                             R$ 1.048.184,13
LouveiraR$ 849.960,49
Mogi GuaçuR$ 38.202,73

Deixe um comentário