Comerciante morre após levar 2 tiros no peito durante assalto em Mogi Mirim

Um comerciante, de 41anos, foi baleado com pelo menos dois tiros no peito e morreu, durante um assalto ao estabelecimento dele em Mogi Mirim, no início da tarde desta sexta-feira (18). Segundo a Polícia Militar, a vítima foi atingida durante uma troca de tiros entre policiais e os suspeitos de praticar o crime.

O estabelecimento comercial fica localizado na rua Xavantes, no Mogi Mirim II, Zona Leste de  Mogi Mirim.

De acordo com as informações da PM, uma dupla armada chegou à loja e rendeu quatro pessoas no estabelecimento, sendo uma cliente, o comerciante, a esposa dele e o filho mais velho do casal. A filha mais nova, por sua vez, conseguiu se esconder nos fundos da loja e acionou os policiais.

Quando os agentes chegaram ao local, um dos suspeitos fugiu. Já o outro liberou a cliente, a esposa e o filho mais velho, mas manteve o comerciante como refém.

Comerciante, Júnior da Silva Santos, de 41 anos, morto a tiros em Mogi Mirim – Foto: reprodução EPTV

A vítima teria sido usada como escudo humano, quando uma troca de tiros teve início. Ainda de acordo com a PM, nesse momento, o suspeito atingiu o comerciante com um disparo.

Na sequência, o homem apontado como o assaltante ainda tentou invadir uma casa vizinha, onde teria tentado fazer uma mulher de refém, mas pouco depois se rendeu e foi preso.

O comerciante chegou a ser socorrido a uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos. Com informações do G1.

Clique aqui para assistir à reportagem da EPTV.

Deixe um comentário