Saúde de Conchal divulga casos de dengue em 2019 e pede ajuda da população no combate à doença

A Prefeitura de Conchal, através do Departamento Municipal de Saúde, em levantamento realizado nesta semana, confirmou 169 casos positivos de dengue no município contabilizados desde o começo deste ano. E pede para que a população continue adotando ações em suas residências para evitar o surgimento dos criadouros do mosquito transmissor de doenças.

É válido ressaltar que a equipe de combate a dengue vem intensificando as atividades de bloqueios, eliminação de criadouros e orientações sobre a doença como sintomas, sinais e medidas preventivas.

Dados sobre os casos de dengue em Conchal no período de 01/01/2019 a 16/12/2019. Fonte: PMC

Sobre a Dengue

Dengue é uma doença febril grave causada por um arbovírus (vírus transmitidos por picadas de insetos, especialmente os mosquitos). Existem quatro tipos de vírus de dengue (sorotipos 1, 2, 3 e 4) e cada pessoa pode ter os quatro, mas a infecção por um sorotipo gera imunidade permanente para ele.

O transmissor (vetor) da dengue é o mosquito Aedes aegypti, que precisa de água parada para se proliferar e o período do ano com maior transmissão é o período de chuva, mas é importante manter a higiene e evitar água parada todos os dias, porque os ovos do mosquito podem sobreviver por um ano até encontrar as melhores condições para se desenvolver.

Os principais sintomas da dengue são: febre alta > 38.5ºC; dores musculares intensas; dor ao movimentar os olhos; mal estar; falta de apetite; dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo.

E são sinais de alarme da dengue os seguintes sintomas: dor abdominal intensa e contínua, ou dor à palpação do abdome; vômitos persistentes; acumulação de líquidos (ascites, derrame pleural, derrame pericárdico); sangramento de mucosa ou outra hemorragia; aumento progressivo do hematócrito e queda abrupta das plaquetas.

No entanto, a infecção por dengue pode ser assintomática (sem sintomas), leve ou grave. Neste último caso pode levar até a morte. Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta (39° a 40°C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, além de prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele. Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns. Em alguns casos também apresenta manchas vermelhas na pele. Na fase febril inicial da dengue, pode ser difícil diferenciá-la. A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes e sangramento de mucosas. Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados. Não tome nenhuma medicação sem prescrição médica.

Deixe um comentário