Conchal soma 168 casos de dengue em 2020 e tem epidemia da doença

Morador com sintomas deve procurar unidade de saúde mais próxima da sua casa.

O Departamento de Saúde de Conchal confirmou, nesta quarta-feira (28), 168 casos de dengue registrados em 2020. Com esse número, a cidade tem uma epidemia da doença.

No ano passado, Conchal já enfrentou uma epidemia com 211 casos da doença. Segundo a assessoria de imprensa, a Prefeitura ainda não assinou o decreto neste ano.

Cuidados

Saiba em quais locais de Conchal há atendimento para pessoas com sintomas de dengue — Foto: Reprodução/EPTV

Segundo a diretora de Saúde de Conchal, Roberta Favero, em casos de suspeita de dengue, os moradores devem procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da sua casa.

“Aqui no município são cinco Unidades de Saúde da Família, uma Unidade de Atenção Básica e um Centro de Especialidades, que [o paciente] vai ser atendido e dado a assistência necessária”, disse.

O horário de atendimento das sete unidades é das 7h às 18h. Fora desse período, o paciente deve procurar um hospital, principalmente se tiver sinais de sangramento.

Mutirão

Prefeitura de Conchal faz limpeza em terreno para evitar proliferação de mosquito da dengue — Foto: Nilson Porcel/EPTV

Desde o ano passado, as equipes da Vigilância em Saúde visitam as casas em busca de criadouros do mosquito Aedes aegypti, mas têm dificuldade em entrar nas casas para verificar os criadouros e orientar os moradores.

A limpeza de terrenos particulares também foi reforçada. Até ano passado, o dono era notificado para cortar o mato alto e retirar a sujeira, mas com o aumento dos casos de dengue, a prefeitura resolveu limpar por conta própria.

Na última semana, o mutirão contra a dengue conseguiu vistoriar apenas 52% das casas na cidade, devido à recusa dos moradores em abrir as portas para os agentes ou a residência vazia. As pessoas que moram perto de algum terreno com foco de criadouro, mato alto ou sujeira podem ligar no (19) 3866-8600. A prefeitura fará a limpeza. As informações são do G1.

Deixe uma resposta