Queda de portão em empresa de Araras mata trabalhador de 21 anos

Um jovem de 21 anos morreu em Araras ao ser atingido pela queda de um portão na empresa de empilhadeiras onde trabalhava. Mattew Leme Pereira foi socorrido, mas sofreu um traumatismo craniano e não resistiu.

Os pais de Mattew foram buscá-lo no trabalho por volta das 19h, desta terça-feira (24). O rapaz enviou uma mensagem avisando que iria demorar um pouco para sair porque iria descarregar mais um caminhão. Assim que terminou a tarefa e foi fechar o local, o portão, que é manual, acabou caindo em cima do jovem.

O pai, Wilson Alves Pereira, contou que estava a 20 metros de distância do filho. Ele disse que os bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fizeram tudo que era possível para salvar o filho, mas ele não resistiu.

O corpo de jovem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Limeira. A família aguarda a liberação para o velório e enterro que deve ocorrer durante a tarde no Cemitério Parque dos Eucaliptos.

Fatalidade

Mattew era solteiro e trabalhava na empresa de empilhadeiras desde 2015. Segundo o pai, a família recebeu apoio de todos da empresa.

Mattew Leme Pereira adorava futebol, segundo o pai — Foto: Arquivo pessoal

O jovem cursava o quarto semestre do curso de engenharia mecânica e, de acordo com o pai, era muito inteligente e nunca deu trabalho. Torcedor fanático do Corinthians, ele chegou a jogar futebol pela equipe da universidade.

Pereira contou que familiares e amigos estão em choque com o acidente fatal que tirou a vida do jovem.

“A lembrança mais forte que fica com ele é o último abraço no Dia dos Pais e o áudio que ele mandou um pouco antes do acidente, dizendo ‘já estou indo’. Nosso futuro engenheiro irá construir muitas coisas no céu”, disse o pai. Com informações do G1.

Deixe uma resposta