Estiagem deixa Rio Mogi Guaçu com pedras à mostra; vazão atual equivale a 8% da considerada normal

A falta de chuvas volumosas deixou o Rio Mogi Guaçu com as pedras do leito à mostra nesta segunda-feira (12). A vazão normal do rio é de cerca de 80m³/s, e está em 6,8m³/s, que equivale a 8,5% do esperado.

De acordo com a administração municipal da cidade de Mogi Guaçu, não há desabastecimento e a represa que capta água do rio está com 64% da capacidade.

Moradores que frequentam as margens disseram à reportagem da EPTV, afiliada da TV Globo, que a área afetada costumava ser toda alagada. A prefeitura orienta que as pessoas economizem água.

Vazamento suspeito

Imagens recebidas pela EPTV mostram um vazamento de água na estação de tratamento de água do Samae, empresa responsável pelo serviço na cidade, localizada na Vila São João. A água sai do que parece ser um buraco na parede e a área está sinalizada com um andaime.

No entanto, a prefeitura não se posicionou para explicar o ocorrido, quando foi o vazamento ou se é algum procedimento padrão da estação. Com informações do G1.

Clique aqui para assistir à reportagem da EPTV.

Imagem mostra um vazamento de água na estação de tratamento de água do Samae — Foto: Reprodução/EPTV

Deixe uma resposta