Atenção: Rota inicia novo ciclo de recuperação dos pavimentos das rodovias Prof. Zeferino Vaz (SP-332) e D. Pedro I (SP-065)

Intervenção terá início na próxima terça-feira (1/9), em três pontos do Corredor Dom Pedro

A Concessionária Rota das Bandeiras, empresa responsável pela administração do Corredor Dom Pedro de rodovias, inicia na próxima terça-feira, dia 1º de setembro, o 3º ciclo de recuperação profunda do pavimento em trechos das rodovias D. Pedro I (SP-065) e Prof. Zeferino Vaz (SP-332) desde o início da concessão, em abril de 2009. Além da reconstrução de diferentes camadas do pavimento, serão realizadas obras de drenagem, para ampliação da capacidade de absorção das chuvas.

Na rodovia Prof. Zeferino Vaz terá obras entre os km 110 e 134, desde o trecho do Tapetão, em Campinas, até o limite de Paulínia com Cosmópolis. A obra terá início a partir do km 126, em Paulínia.

Já na rodovia D. Pedro I, serão duas equipes atuando no trecho de Atibaia, entre os km 65 e 88. A região conta com alto volume de tráfego, sobretudo de caminhões, e a Concessionária optou por iniciar a obra neste trecho por conta da quarentena vigente no Estado de São Paulo, que neste momento resulta em uma queda média de 10% do fluxo de veículos. As primeiras atividades serão próximas ao entroncamento com a Fernão Dias (BR-381).

O trecho de Jarinu e Itatiba da D. Pedro I, entre os km 88 e 113, também será recuperado e a previsão da Concessionária é de que a obra comece neste último trimestre do ano.

Para minimizar os impactos no trânsito, as intervenções vão ocorrer seguindo um rigoroso planejamento e regras rígidas de sinalização viária, aprovadas pela Agência de Transportes de São Paulo (Artesp). Cada sentido das rodovias terá, sempre, ao menos uma faixa livre para a circulação de veículos. Na maior parte do tempo, as intervenções irão ocorrer fora dos horários de pico, entre 8h e 17h. Nos pontos mais críticos, no entanto, haverá necessidade da interdição da faixa por um período superior a 24h para cura do novo pavimento. A Concessionária irá divulgar previamente estes bloqueios.

A previsão da Concessionária é de que os trechos das duas rodovias terão o trabalho concluído até o primeiro trimestre do ano que vem. O investimento inicial, apenas para esses primeiros trechos, será de R$ 36,5 milhões, totalmente custeado pela Rota das Bandeiras.

Os pontos em obra serão divulgados diariamente nos perfis da Concessionária no Twitter e também no Facebook. Outra forma de os motoristas se manterem atualizados é por meio do WhatsApp. Para receber as informações, basta encaminhar uma mensagem para 11 93241-2578. Em caso de dúvidas, os usuários podem entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) da Rota das Bandeiras, por meio do telefone 0800-770-8070. O serviço é gratuito e funciona 24 horas.

Deixe um comentário