Golpistas enganam moradores de Araras com mensagem falsa sobre distribuição de cestas básicas

Mensagens falsas sobre distribuição de cestas básicas estão circulando no WhatsApp e enganando moradores de Araras, pelo WhatsApp, segundo a Secretaria de Assistência Social.

As mensagens solicitam que o usuário acesse um site, responda um questionário com dados pessoais e compartilhe o link com os amigos para receber o suposto benefício distribuído pelos Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

A secretária de Assistência Social, Delcina de Souza Teixeira, explica que nenhum tipo de mensagem é enviada pela prefeitura. “É um golpe. Eu peço que vocês não informem seus documentos pessoais”, disse.

Outra preocupação é que eles solicitam endereço, dizendo que as cestas básicas chegarão direto nas casas, por meio de um caminhão que fará a distribuição em até três dias. “Isso não procede”, informou Delcina.

Solicitação correta das cestas

Para quem precisa das cestas, é preciso que o morador de Araras procure um dos três Cras da região sul, central ou leste, que há uma equipe técnica preparada para fazer o atendimento.

Segundo a secretária, quem já possui o cadastro ou faz parte das famílias acompanhadas, é necessário somente levar o RG para que os assistentes localizem o prontuário e façam a solicitação. Se o caso for novo, é preciso estar com todos os documentos pessoais para realizar a triagem.

A Secretaria de Assistência Social está disponível pelo telefone (19) 3543-1700 ou pelo chat para esclarecimentos de dúvidas.

Doação

A população também pode contribuir com alimentos para ajudar a montar as cestas básicas. Para doar, é necessário procurar o Fundo Social, localizado no mesmo prédio da Assistência. Com informações do G1.

Deixe um comentário