Rota das Bandeiras inicia distribuição de vouchers de alimentação aos caminhoneiros

Profissionais poderão retirar marmitex em seis pontos das rodovias D. Pedro I (SP-065) e Prof. Zeferino Vaz (SP-332)

A Concessionária Rota das Bandeiras inicia nesta terça-feira, 14 de abril, a distribuição de vouchers aos caminhoneiros, que podem ser trocados por marmitex em seis postos de serviços ao longo do Corredor Dom Pedro. O auxílio é mais uma medida da Concessionária durante o período de enfrentamento ao coronavírus.

“Essa é uma forma de garantir o apoio ao caminhoneiro para que continue exercendo suas atividades, especialmente neste momento em que o transporte de cargas torna-se ainda mais importante no país. Além disso, a ação contribui para fomentar a reativação da cadeia produtiva existente ao longo do Corredor Dom Pedro, que estava ociosa em virtude da significativa redução de tráfego e das próprias restrições de circulação em todo o país”, destaca o gerente de Operações da Rota das Bandeiras, Thiago Alves.

A falta de locais abertos para a compra de refeições era um dos principais problemas enfrentados pelos motoristas. A retirada da marmitex poderá ser feita diariamente, no período das 10h às 21h, em cinco postos da rodovia D. Pedro I (SP-065), nos municípios de Igaratá, Itatiba, Jarinu e Valinhos; e em um da rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), em Paulínia. Os endereços dos estabelecimentos estão nos vouchers que serão entregues aos motoristas. Em seu site, a Concessionária também atualiza, diariamente, todos os postos de serviços abertos ao longo do Corredor Dom Pedro. A lista pode ser verificada no link https://bit.ly/2xGlb4I

Os caminhoneiros poderão retirar os vouchers em quatro pontos: nas bases do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) da rodovia D. Pedro I em Atibaia, no km 75, e  Campinas, km 139; na praça de pedágio de Itatiba, no km 110, pista sul (sentido Jacareí); e no Posto Geral de Fiscalização (PGF) da rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), no km 149, em Artur Nogueira. A entrega irá ocorrer apenas para veículos comerciais.

Nestes pontos, também é possível fazer a higienização das mãos com álcool em gel e retirar aparelhos TAG, com isenção de mensalidade por até seis meses, para o pagamento automático das tarifas de pedágio. Nas bases SAU e no PGF, os motoristas podem, ainda, fazer a medição da temperatura e receber orientações dos profissionais da Concessionária sobre o coronavírus.

Deixe uma resposta