Mulher de 76 anos com coronavírus morre em Itapira; idosa estava na UTI

Morte ocorreu na noite desta sexta-feira (3). Paciente estava internada no Hospital Municipal de Itapira.

Morreu, na noite de sexta-feira (3), a mulher de 76 anos diagnosticada com o novo coronavírus que estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal de Itapira. Ela foi o quarto caso de Covid-19 divulgado pela prefeitura, e o sepultamento será imediato.

Segundo a administração de Itapira, a paciente estava na UTI com ventilação mecânica (respirador) desde o dia 30 de março, quando procurou atendimento na unidade apresentando sintomas da doença e falta de ar. A mulher tinha problemas de tireoide e diabetes.

Entre os casos confirmados, um médico, de 34 anos, que reside na cidade e trabalha no Samu e na Santa Casa de Mogi Mirim foi infectado pelo vírus. Em entrevista, disse que apresentou sintomas incomuns, parecidos com os da dengue – outra doença viral, mas transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Ele está em isolamento domiciliar.

Os outros dois casos que testaram positivo são um homem, de 77 anos, que está internado na UTI da Santa Casa, e uma mulher, de 69 anos, que foi transferida para Mogi Mirim, onde está internada atualmente. Itapira tem outros 22 casos suspeitos aguardando o resultado de exames.

Outras mortes na região

Americana confirmou na tarde desta sexta-feira (3) a primeira morte provocada pelo novo coronavírus. O paciente é um idoso de 64 anos, que teve óbito registrado em 27 de março após ser atendido em hospital particular do município. Ele é o quarto caso confirmado da doença na cidade.

Campinas já contabiliza três mortes de pacientes que estavam infectados pela Covid-19. 

31/03: Mulher, 91 anos, com doenças preexistentes (comorbidades). Ela estava internada em um hospital privado.

30/03: Homem, 62 anos, sem comorbidades. Estava internado em hospital privado.

30/03: Homem, 86 anos, com comorbidades. Estava internado em hospital privado.

Fonte: Portal G1.

Deixe uma resposta