Implantação de ponte móvel na estrada de Martinho Prado aguarda conclusão de estudo do exército

Oficiais do 2º Batalhão de Engenharia do Exército de Pindamonhangaba estiveram em Mogi Guaçu na segunda-feira, 30, para avaliar as condições do trecho interditado da Estrada Vicinal Governador Almino Monteiro Álvares Afonso, que liga a cidade ao distrito de Martinho Prado Júnior, para a implantação de uma ponte móvel.

A passagem sobre um córrego cedeu numa forte tempestade no final de fevereiro. Motoristas estão utilizando um desvio em terra nas proximidades, aumentando em cerca de 6 quilômetros o trajeto da cidade até Martinho Prado Júnior.

O secretário da SOV (Secretaria de Obras e Viação), Salvador Franceli, afirmou que a visita foi importante para o Exército conhecer o local, onde fizeram medições e análise de solo, e retornaram para Pindamonhangaba para preparar um estudo para verificar a possibilidade de uma ponte móvel ser implantada.

Se isso ocorrer, a ponte móvel será provisória até que a Prefeitura faça licitação e inicie construção de uma nova passagem no trecho que caiu com a forte chuva de 27 de fevereiro. Profissionais da área de engenharia já estiveram no local e concluíram projeto.

O secretário de Obras explicou que utilizará recursos da própria pasta para iniciar limpeza no trecho, com retirada da terra e asfalto que cederam com a forte chuva, facilitando o trabalho de reconstrução das cabeceiras.

Fonte: Prefeitura de Mogi Guaçu

Deixe uma resposta