Motorista de caminhão morre após ponte desabar na vicinal que liga Mogi Guaçu ao distrito de Martinho Prado Jr

Última atualização às 12h38

A Estrada Vicinal Almino Afonso, que liga a zona urbana de Mogi Guaçu ao distrito de Martinho Prado Junior, está totalmente interditada, em razão da ponte sobre o Córrego Mascate ter cedido depois do grande volume de chuvas na madrugada desta quinta-feira (26). Um motorista de caminhão de 80 anos morreu após cair no córrego.

De acordo com a Guarda Municipal de Mogi Guaçu, o motorista de um caminhão carregado de areia não conseguiu frear a tempo e caiu no espaço deixado pela ponte. O motorista de 80 anos, morador de Conchal, morreu após ficar preso nas ferragens e de ser soterrado por parte da carga.  A Guarda Municipal e o Corpo de Bombeiros estão no local para fazer o resgate do corpo e do veículo.

A ponte de dois metros sobre o córrego Mascate, ou Vasco, não suportou a vazão muito acima do normal. Há suspeita de que a represa tenha se rompido e o grande volume de água arrastou a passagem que causou a interdição completa da rodovia. Não há previsão de liberação da pista, já que a ponte foi destruída.

Chuva forte atingiu a região e o nível do rio subiu muito. Veja no vídeo a força da água que derrubou a ponte. 

Erosão preocupava moradores que alertaram autoridades

A população de Martinho Prado Júnior já havia alertado as autoridades há algum tempo sobre os riscos de erosão à margem do córrego do Mascate. Parte da cabeceira do rio e do acostamento da pista estava desbarrancando para dentro do córrego, conforme mostra a foto da Gazeta Guaçuana. À época a Prefeitura de Mogi Guaçu informou que abriria licitação para locação de equipamentos, entre eles uma escavadeira hidráulica necessária para execução da obra. Porém, até agora nada havia sido feito.

Erosão às margens de vicinal preocupava motoristas – Foto: Gazeta Guaçuana

Deixe uma resposta