Tatuador é encontrado morto dentro de casa em Conchal com várias perfurações no corpo

Felipe Maule Rodrigues de Camargo era de Rio Claro (SP) e estava na cidade há quatro meses para se tratar em uma clínica de recuperação. Polícia Civil investiga o caso.

Um tatuador de 34 anos foi encontrado morto no chão da cozinha de sua casa, em Conchal, na segunda-feira (30), com várias marcas de perfurações. A Polícia Civil investiga as hipóteses de homicídio e latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

De acordo com a Polícia Civil de Conchal, Felipe Maule Rodrigues de Camargo era de Rio Claro (SP) e havia se mudado para a cidade há quatro meses para se tratar em uma clínica de recuperação.

Há um mês alugou uma edícula para montar um estúdio de tatuagem, no qual também passava algumas noites.

Na segunda-feira, como não respondia as mensagens da clínica de recuperação nem apareceu ao local, funcionários foram até a sua casa e viram, pela janela da cozinha, Camargo no chão em meio a muito sangue.

A polícia foi chamada e encontrou várias perfurações no tatuador. Ao lado do corpo havia uma lâmina suja de sangue que foi apreendida. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Limeira (SP) para exames.

Segundo os policiais, há informações de que Camargo teria voltado a usar drogas e eles não encontraram o celular e nem a carteira do tatuador. As informações são do G1.

Deixe um comentário