Redução do volume da coleta domiciliar em Conchal gera cerca de R$ 40 mil de economia aos cofres públicos em abril

Em mais um esforço de reduzir os custos dos serviços contratados, sem causar prejuízo à população conchalense e contribuir com a preservação do meio ambiente a Prefeitura, através do Departamento Municipal de Saneamento Básico e de Meio Ambiente vem alcançando importantes resultados na redução do volume da coleta de lixo domiciliar este ano.

Se comparado ao mesmo período do ano anterior, em fevereiro o governo municipal coletou 5,16% a menos (596,36 toneladas – 2018 x 565,61 toneladas – 2019). Em março a economia foi de 7,42% (687,30 toneladas – 2018 x 636,30 toneladas – 2019). Já em abril, foram coletadas 19,95% toneladas a menos do que no ano passado (543,22 toneladas – 2018 x 434,86 toneladas – 2019), resultando só neste mês uma economia de aproximadamente R$ 40 mil aos cofres públicos.

Segundo a Divisão Municipal de Meio Ambiente, a diferença deste resíduo que não foi coletado e enviado ao aterro, provavelmente foi reciclado, gerando ainda mais economia ao município, contribuindo com o meio ambiente e impactando a saúde na redução de criadouros do mosquito da dengue e outras doenças associadas a ele.

Deixe um comentário