Polícia cumpre reintegração de posse na Fazenda Campininha; cerca de 300 pessoas deixaram local

A Justiça cumpre a reintegração de posse de uma área onde chegaram a viver cerca de 400 a 500 famílias em 600 barracos, segundo a Polícia Militar, na zona rural do distrito de Martinho Prado Jr., em Mogi Guaçu (SP). A ação começou às 5h desta terça-feira (23). Aproximadamente 300 pessoas deixaram o local nesta manhã.

A área fica na Fazenda Campininha, que pertence ao Governo do Estado de SP, e é de conservação ambiental, segundo apuração da reportagem da EPTV, afiliada da TV Globo. A decisão judicial data de 8 de abril. Segundo a PM o planejamento, no entanto, começou a ser feito há meses.

“Hoje está sendo o desfecho. Foram várias semanas de negociação para que, hoje, essa reintegração ocorresse de forma pacífica. São aproximadamente 200 a 300 pessoas. Nesse momento estão sendo retirados todos os materiais e pertences”, afirma o major da PM Adriano Daniel.

De acordo com o Samu, duas ambulâncias foram enviadas para a área, mas não há registro de feridos. Muitos dos barracos já estavam desocupados. A saída dos ocupantes ocorreu de forma pacífica.

A Prefeitura de Mogi Guaçu informou que não foi envolvida na ação de reintegração de posse e que prestou apoio ao que foi solicitado, como na ambulância que foi requisitada pela Polícia Militar.

Ocupantes de área da Fazenda Campininha carregam seus pertences durante reintegração de posse. — Foto: Márcio Silveira/EPTV

O que diz o Estado?

A Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de SP informou, por nota, que recebeu dos líderes do movimento a informação que as famílias irão desocupar voluntariamente o espaço da Estação Experimental de Mogi Guaçu até o fim da tarde desta terça.

“Medidas determinadas pela Justiça, como transporte e alimentação, foram acolhidas. Ocupada ilegalmente há pouco menos de um ano, a área é destinada a projetos de pesquisa sobre recuperação do cerrado, fauna e flora, e não faz parte da relação de áreas sujeitas à reforma agrária”, diz o texto.

Caminhão leva objetos das ocupantes de área do estado que passou por reintegração de posse na Fazenda Campininha. — Foto: Márcio Silveira/EPTV

Fonte: Portal G1.

Deixe uma resposta